Dicas financeiras atualizadas

Casa Verde e Amarela da Caixa: saiba 4 dicas que facilitam financiamento pelo programa

Programa do governo federal concede menores taxas de juros ao realizar financiamento habitacional

O Programa Casa Verde Amarela é uma adaptação do Minha Casa Minha Vida, proposto pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Assim como políticas do Renda Brasil e Carteira Verde e Amarela, o Casa Verde Amarela é “mutação” dos programas antecessores.

O Casa Verde Amarela, através da Caixa Econômica Federal, tem o objetivo de oferecer um financiamento habitacional para os seguintes grupos.

Leia também:

Empréstimo com Garantia de Celular. Como Fazer? Vale a Pena?

Caixa Tem Prêmios – Caixa Tem e Visa Sorteiam Prêmio de R$250.000

Famílias com renda bruta de até R$ 2.000,00

Na faixa 1,5, você pode comprar uma casa ou apartamento que o empreendimento é financiado pela CAIXA com taxas de juros que beiram até 4,75% ao ano. Além é claro, dos subsídios até R$ 47 mil, de acordo com a sua renda e região onde você reside.

Famílias com renda bruta de até R$ 4.000,00

Na faixa 2, se sua família se encaixa nesta faixa os subsídios podem chegar até R$ 29 mil, depende da sua renda e localização do imóvel.

Famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00

Na faixa 3, para famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00, a taxas de juros são melhores na sonhada coompra da casa própria.

Ou seja, o programa oferece taxa de juros mais atrativas que outros bancos no Brasil. A ideia é facilitar o crédito para o cidadão que deseja comprar um imóvel próprio. Entretanto, existe uma burocracia para ingressas no Casa Verde Amarela. Basicamente, o maior entrave é a comprovação de renda, pois, para a Caixa aprovar o financiamento habitacional, sua renda tem que ser compatível, afinal, o banco estatal deve evitar riscos.

Confira 5 dicas que facilitam sua aprovação no Casa Verde e Amarela

  • Possuir score alto no Serasa, visto que, o banco utiliza esses dados para conferir o risco do empréstimo.
  • Tenha conta corrente na Caixa Econômica Federal.
  • Quem possui contracheque tem mais facilidade de comprovar renda em comparação com quem é MEI.
  • Quanto maior a entrada do imóvel que você pagar, maior será as chances, pois, os riscos para o banco de você ficar inadimplente são menores.

Comentários estão fechados.