Dicas financeiras atualizadas

Feirão da Casa Própria Digital: Caixa libera compra de imóvel sem entrada

A Caixa Econômica Federal anunciou o 1º Feirão da Casa Própria Digital, que será realizado entre 25 de junho e 4 de julho e oferecerá mais de 180 mil imóveis, sendo que mais de 6 mil destes, contarão com possibilidade de financiamento total, ou seja, poderão ser financiados sem pagamento de entrada e com até 6 meses para iniciar o pagamento das prestações.

O financiamento do Feirão da Casa Própria contará a taxa mais baixa já cobrada pela caixa, partindo de TR mais 2,5% ao ano, somadas à remuneração da poupança.

Pedro Guimarães, presidente da Caixa, disse que a nova linha de financiamento, sem entrada, substituirá os leilões de imóveis recuperados.

“A partir de agora, todos os imóveis retomados serão financiados desta maneira. Ao invés de irmos para o leilão, e entrarmos com uma série de questões operacionais, nós faremos dessa maneira”, informou.

Veja Também: Cartão Construcard Caixa: Como Fazer E Receber Até R$ 20 Mil!

Caixa Oferece Adiamento de Pagamento de 25 a 50% para Financiamento da Casa Própria

Em outubro de 2020, a Caixa anunciou que clientes com financiamento imobiliário, que estavam com suas prestações em dia, poderiam pagar 75% ou 50% das parcelas por até seis meses. Na época, tratava-se de um tipo de adiamento e os valores não pagos nesse período deveriam ser quitados posteriormente, junto com as parcelas restantes.

O objetivo foi continuar oferecendo algum tipo de tolerância, visto que, o banco encerrou em setembro a política, iniciada em março de 2020, que permitia pausar as cobranças durante a crise econômica causada pelo Coronavírus.

Financiamento da Casa Própria Já Pode ser Obtido via Aplicativo Caixa

Ainda em outubro de 2020, a Caixa também lançou uma facilidade extra para quem sonha em adquirir a casa própria, disponibilizando a contratação de financiamento habitacional através do aplicativo Habitação Caixa, em que o cliente pode acessar um serviço interativo, com todas as fases do financiamento, desde o cadastro, até a aprovação.

O cliente precisará ir pessoalmente à agência apenas uma vez, para assinar o contrato, se tiver seu pedido aprovado.

A medida foi criada como forma de evitar que as pessoas precisassem ir a uma agência da Caixa para solicitar o financiamento.

As agências, em diversas fases, operaram com menos funcionários, horários diferenciados e até chegaram a ficar fechadas em alguns períodos.

Com a possibilidade de realizar o financiamento através do app, a Caixa tem conseguido suprir a necessidade de uma parte de seus clientes, os mais digitalizados, e tem deixado as agências mais livres para as pessoas que possuem menos acesso ou facilidade de utilização de aplicativos.

Comentários estão fechados.