O que é o PIX? Entenda como ele pode FACILITAR sua vida!

Muitas pessoas têm se perguntado, o que é o Pix? Esse é um novo serviço que promete facilitar a vida de milhões de famílias. Então, ele oferece um serviço diferenciado, mas que traz muitos benefícios para os clientes.

Por isso, nesse texto vamos lhe explicar o que é o Pix, para que ele serve e como conseguir, entre outras diversas coisas que lhe permitiram usufruir dessa nova belezinha, criada pelo Banco Central.

O que é o Pix?

O que é o Pix? Basicamente ele é um novo sistema de pagamento instantâneo, liberado pelo Banco Central. Ele está fazendo com que as transações financeiras se tornem cada vez mais rápido e simples. Tendo sido uma medida tomada entre outros motivos, para permitir realizar transações financeiras sem utilizar matérias que poderiam transmitir o vírus da pandemia, como cartões.

E como foi previsto pelo governo durante a pandemia, o uso do Pix foi realizado em números extremamente altos, superando as expectativas dos especialistas. Uma que utilizando o sistema as pessoas estão livres de utilizar cédulas ou cartões, diminuindo assim as suas chances de pegar a doença, que consegue ser transmitida de diversas formas.

Quais bancos têm o Pix?

São muitos os bancos que já contam com esse novo sistema chamado Pix, uma vez que é uma forma a mais dos seus clientes realizarem transações financeiras. O Pix é obrigatório para instituições financeiras que possuam mais de 500 mil contas, isso inclui empresas como:

  •       Itaú,
  •       Bradesco,
  •       Santander,
  •       Caixa (Caixa Tem),
  •       Banco do Brasil,
  •       Nubank,
  •       Mercado Pago,
  •       Inter,
  •       C6 Bank,
  •       PagSeguro,
  •       Entre muitas outras.

Bancos que não possuem essa quantidade de contas não são obrigados a possuírem o PIX, mas muitos já estão aderindo. Pois, quanto mais serviços diferenciados oferecem, maior a quantidade de clientes arrecadam.

Como conseguir uma chave Pix?

Sendo a chave do Pix o endereço da sua conta Pix, é primeiro necessário abrir a sua conta para depois utilizá-la. Cada instituição financeira possui métodos diferentes para proceder em relação ao Pix. Normalmente o registro da chave Pix deve ser realizado em uma instituição financeira ou banco em que você possui conta, utilizando um app do banco, o site ou indo na agência do mesmo.

Sendo que cada uma dessas instituições financeiras possui métodos diferentes de lidar com a chave Pix, ela varia bastante conforme o seu banco. Podendo a chave do endereço ser:

  •       Um e-mail;
  •       CPF;
  •       CNPJ;
  •       Número de telefone;
  •       Ou até mesmo código de números e letras aleatórios denominados EVP.

Então, como existe toda essa variedade é de fundamental importância anotar a sua chave de endereço, para que você não perca o acesso a esse método de pagamento. E assim possa utilizá-lo para facilitar os seus pagamentos.

Vantagens do Pix

São muitas as vantagens de utilizar o Pix como método de pagamento, uma vez que ele oferece tarifas menores do que as cobradas atualmente pelos bancos em transações financeiras. Além do que não precisa esperar pela entrada do recurso. Cada pessoa pode ter até cinco chaves para cada conta bancária do qual ela for titular.

Enquanto isso, uma Pessoa Jurídica pode ter até 20 chaves para cada uma dessas contas. O comércio eletrônico foi um dos maiores beneficiados com o surgimento do Pix, depois da existência dele o índice de abandono dos carrinhos de compra das lojas online caiu bastante. Assim aumentando bastante a taxa de compras, utilizando o Pix como método de pagamento.

Velocidade nas transações

A velocidade em que você consegue fazer os pagamentos utilizando o Pix é algo extraordinário. É possível transacionar valores em tempo real todos os dias da semana, sem ter restrição de horário, inclusive nos feriados e fins de semana.  O que é impressionante, pois nos dá maior liberdade para realizar gastos no fim semana sem depender de cartões.

Segurança ao usar

Como a transferência financeira é extremamente rápida, estão sendo implementadas diversas medidas de segurança, para que isso não seja usado contra o usuário. Então, assim o pagamento pelo Pix vai se tornando além de algo rápido. Uma maneira de realizar pagamentos de modo bastante seguro, reduzindo as chances de fraudes na hora do pagamento.

Sem cobrança de taxas ou tarifas

Outras das excelentes novidades relacionadas ao Pix, é que ele não irá cobrar tarifas de pessoas físicas pelas transações. Isso é uma resolução do Banco Central que também determinou que empreendedores individuais também serão isentos de quaisquer tarifas. Segundo o Banco Central apenas as instituições pagarão valores, no entanto eles serão bem baixos como R$ 0,01, para recuperação de custos operacionais.

Pessoas jurídicas, também poderão ter taxas cobradas em relação ao uso do Pix, tanto a que paga quanto a que recebe. No entanto, o Banco Central ainda não informou quais os valores seriam cobrados. Mas, agora você já conseguiu entender o que é o Pix, e o porquê de ele ser uma novidade tão boa.