Dicas financeiras atualizadas

Pix Garantido: Confira essa novidade que possibilitará parcelamentos

Você já ouviu falar do Pix Garantido? Essa é uma novidade que está para chegar nos próximos meses e deve causar mudanças no nosso mercado financeiro. Mas, você sabe o que ele é, ou como funciona? Se não, vamos lhe explicar tudo sobre essa novidade que pode mais uma vez revolucionar o mercado financeiro.

O Pix foi lançado em novembro de 2020, e tem cada vez conquistado mais espaço dentro do mercado de pagamentos. Como o serviço é bastante rápido, tem atraído a atenção de muitos indivíduos que precisam de velocidade para seus pagamentos.

Esse serviço é oferecido de maneira gratuita para as pessoas físicas, e por isso levou pouco tempo para cair no gosto dos brasileiros. O que reflete nos dados divulgados, que mostram que até fevereiro de 2021 já existiam mais de 73 milhões de usuários da nova tecnologia criada pelo nosso Banco Central.

Esses 73 milhões de usuários já haviam realizado mais de 375 milhões de operações financeiras. A chegada do Pix foi tão impactante que colocou em cheque a continuidade das modalidades mais antigas de transferências financeiras.

O Banco Central divulgou dados que confirmam essa afirmação. Entre janeiro e 25 de fevereiro de 2021 foram feitas 375,3 milhões de transferências via Pix, enquanto via TED e DOC somavam 249,9 milhões. A tendência é que a mais nova continue crescendo, enquanto as outras devem ter queda.

Leia também:

Como adicionar limite do cartão de crédito Nubank

Limite Pix: Banco Central estipula mudanças no método de pagamento

Pix Garantido a partir de 2022

No entanto, mesmo já sendo um grande sucesso o Pix ainda deverá contar com mais novidades. Além dos três pilares que são seus diferenciais: grátis para pessoas físicas, instantaneidade, e funcionamento o tempo todo.

Em julho de 2021, o Banco Central deverá dar início ao desenvolvimento das regras para o funcionamento do Pix Garantido. Que irá fazer com que seja possível realizar o parcelamento de compras. Ele deverá ser lançado ainda no primeiro semestre de 2022.

Atualmente, quando você realiza um pagamento pelo Pix o dinheiro cai no mesmo instante para as outras pessoas. Também existe a possibilidade de agendar o pagamento, no entanto, nesta modalidade o recebedor não fica sabendo do agendamento e também não existem garantias do pagamento.

O que faz com que se o pagador falir, o mesmo não tenha como pagar o cobrador. Assim, com o Pix Garantido, você vai poder agendar o pagamento das contas, e o recebedor irá ficar sabendo do agendamento.

Para haver garantia do pagamento um banco poderá ser utilizado como figura intermediadora. Assim, será garantido que os recursos serão pagos na data agendado, mesmo no caso de não haver crédito na conta que deveria ser debitada. Obviamente nesses casos você também não vai poder desagendar o pagamento.

Isso vai permitir que a empresa ou empreendedor que tenha os pagamentos agendados possam antecipar o recebimento desses valores a juros mais baixos. Assim os maiores beneficiados serão as empresas, no entanto, pessoas físicas também terão mais vantagens nas negociações.

Pix Garantido não irá acabar com o crédito

Os lojistas atualmente só recebem o valor das compras via cartão de crédito cerca de 30 dias após o pagamento. Nesse período o banco emissor do cartão fica como garantidor do pagamento. No entanto, com o Pix Garantido vai ser possível parcelar as compras junta as lojas com a mesma segurança do cartão.

Segundo os especialistas, diferente do DOC e do TED que foram engolidos pelo Pix, os cartões de crédito ainda devem conseguir competir. Pois, os cartões de crédito por vezes oferecem opções de parcelamento de 12 vezes sem juros. O cartão que pode acabar em desuso devido ao Pix é o de débito.

Comentários estão fechados.