Dicas financeiras atualizadas

Taxistas recebem R$ 1 mil nesta sábado (24); novos trabalhadores podem se cadastrar

As prefeituras municipais têm até o dia 10 de outubro para cadastrar os seus taxistas dentro do auxílio cedido pelo governo federal.

Mais de 287 mil taxistas recebem o 3º lote de pagamentos do auxílio oferecido pelo governo neste sábado (24). O pagamento da parcela é aquele referente ao mês de setembro, ainda restam os pagamentos de outubro, novembro e dezembro.

- Publicidade -

Ao todo, segundo informações do governo federal, 297.224 motoristas de táxis já receberam o valor do auxílio. Isso significa que foram pagos R$ 877,3 milhões de recursos públicos para a categoria.

Ainda dá tempo para que as prefeituras enviem informações para cadastrar os motoristas locais a fim de receber o auxílio para taxistas. No entanto, o prazo vai até o dia 10 de outubro, depois dessa data não será mais possível incluir novos beneficiários no sistema de pagamento.

Taxistas cadastrados até outubro vão receber 6 parcelas de R$ 1 mil

Depois de hoje (24 de setembro), os taxistas receberam uma nova rodada de pagamentos no dia 22 de outubro. Isso quer dizer que quem se cadastrar a partir da próxima semana receberá o benefício apenas no final do próximo mês. No entanto, serão pagas as parcelas atrasadas de julho, agosto, setembro e também a de outubro, totalizando R$ 4 mil (cada parcela tem valor de R$ 1 mil).

- Publicidade -

O Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis (Bem Taxista) foi criado para repor os desgastes financeiros ocasionados pelo aumento no preço de combustíveis em todo o território nacional nos últimos meses.

Veja também: Sem consulta ao SCPC: crédito de R$ 80 mil para taxistas está liberado

Calendário de pagamento do Auxílio Taxista

O total liberado para efetuar o pagamento dos taxistas pelo governo chega a R$ 2 bilhões. Segundo informações do Ministério do Trabalho e Previdência, têm direito ao benefício os taxistas que possuam Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida e alvará para prestação do serviço. Isso significa que o trabalhador deve estar devidamente registrado na prefeitura desde o dia 31 de maio de 2022.

- Publicidade -

É tarefa da prefeitura enviar o cadastro dos trabalhadores para que o auxílio seja pago corretamente a cada um deles.

Confira o calendário oficial:

  • 1ª e 2ª parcelas do auxílio – 16 de agosto ou 30 de agosto;
  • 3ª parcela do auxílio – 24 de setembro;
  • 4ª parcela do auxílio – 22 de outubro;
  • 5ª parcela do auxílio – 26 de novembro;
  • 6ª parcela do benefício – 17 de dezembro.

Todos os pagamentos são realizados pela Caixa Econômica Federal, por meio do aplicativo Caixa Tem, por meio do CPF profissional da pessoa. Só os proprietário do alvará irão receber as quantias destinadas pelo governo.

- Publicidade -

Veja também: Governo corta R$ 2,6 bi: como fica o consignado do Auxílio Brasil?

Comentários estão fechados.